Ministério da Educação e Federação Portuguesa de Futebol promovem a atribuição de bolsas de estudo a alunos do 10.º ano

06/11/2018 12:36

A Federação Portuguesa de Futebol decidiu aplicar parte da receita decorrente da participação da Seleção Nacional Masculina no Campeonato do Mundo da Rússia em 2018 ao acompanhamento de alunos do ensino secundário.

O objetivo é conceder bolsas de estudo a 23 alunos, residentes em territórios de baixa densidade populacional – de acordo com o Plano Nacional de Coesão Territorial – que frequentem o ensino secundário em agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas da rede pública, no ano letivo de 2018/2019, e cujos agregados familiares demonstrem uma situação de insuficiência económica.

As referidas bolsas concretizam-se na atribuição de um conjunto de materiais, equipamentos e acesso a serviços, não englobáveis nas medidas de apoio socioeducativo da Ação Social Escolar (ASE), que visam o apoio ao desenvolvimento académico e desportivo dos alunos do ensino secundário. Para efeitos do presente Regulamento, a referência a alunos abrange elementos de ambos os géneros.

O Ministério da Educação auxiliará a FPF na identificação das Escolas sitas em territórios de baixa densidade populacional, nos termos do Plano Nacional de Coesão Territorial.

No programa de bolsas, pretende-se desenvolver as seguintes vertentes:

- Educação – promoção do mérito académico, englobando progressão;

- Desporto – promoção da participação desportiva;

- Cidadania – participação em projetos no âmbito da Cidadania e Desenvolvimento ou noutros projetos em que o aluno esteja envolvido ou que pretenda desenvolver, tanto em contexto escolar como extraescolar.

Os alunos interessados terão de elaborar um processo individual de candidatura através do agrupamento de escolas/escola não agrupada onde se encontram matriculados. Após a receção das candidaturas, um júri com elementos de várias entidades avaliará e selecionará os 23 bolseiros.

Perfil do candidato

Podem candidatar-se alunos portugueses ou estrangeiros, beneficiários de Ação Social Escolar (escalão A), matriculados no 10.º ano no ano letivo de 2018/2019 numa das diferentes ofertas educativas e formativas do ensino secundário, designadamente cursos científico-humanísticos, cursos profissionais e cursos artísticos especializados.

As candidaturas deverão ser apresentadas até ao dia 14 de dezembro 2018, através do preenchimento do respetivo formulário.

Para informações adicionais, deverão consultar o Regulamento do concurso e o Formulário de aceitação.

 

Fonte