POCH aprova financiamento para a integração de mais 200 psicólogos nas escolas

13/07/2017 00:57

No conjunto das três candidaturas apresentadas pela Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), foi solicitado um montante global de 7,4 milhões de euros (M€), 85% dos quais financiados pelo Fundo Social Europeu.

 

Após a análise das candidaturas por parte da equipa do PO CH, foi aprovado o valor de 4 M€ de despesa total para a integração, até ao final de 2018, de 108 psicólogos em escolas da região Norte que mais carecem de reforço da intervenção destes profissionais. Na região Centro serão alocados mais 52 psicólogos, com um financiamento total de 1.9M€ e na região de Alentejo serão disponibilizados 1.5 M€ para a incorporação de 40 novos profissionais.

A integração de 200 novos psicólogos em escolas públicas visa apoiar o desenvolvimento psicológico dos alunos, a melhoria da sua orientação escolar e profissional, bem como o apoio psicopedagógico às atividades educativas e ao sistema de relações da comunidade escolar. O objetivo central do reforço da rede de psicólogos é a prevenção do abandono escolar precoce e o absentismo, através do diagnóstico das dificuldades que afetam a aprendizagem, de modo a agir atempadamente sobre as mesmas, identificando e analisando as causas do insucesso escolar e propondo medidas tendentes à sua diminuição, incluindo a promoção de uma adequada orientação escolar e profissional, em estreita articulação com a comunidade educativa.

Consulte os apoios disponíveis referentes à Qualidade e Inovação do Sistema de Educação.

 

O bastonário da Ordem dos Psicólogos revelou que estava já prevista a contratação de 200 profissionais no âmbito do POCH, sublinhando que com estas integrações o rácio nas escolas passaria dos atuais 1/1700 para um psicólogo para cada 1100 alunos.

 

Qualidade e inovação do sistema de educação e formação

 

O Eixo 4 do PO CH visa a melhoria da qualidade pedagógica através de novos conteúdos decorrentes de novas exigências e de novas necessidades, das quais decorrem medidas orientadas para a atualização da formação dos atores do sistema e a implementação de mecanismos regionais de ajustamento de ofertas formativas orientadas às necessidades dos territórios e o reforço da orientação para os percursos educativos adequados ao perfil e vocação de cada aluno.

 

Que Ações previstas?

 Para quem?

Intervenções específicas e inovadoras dirigidas à melhoria da qualidade e da eficiência do sistema de educação e formação de jovens com vista à promoção do sucesso escolar       

Atores do sistema de educação e formação envolvidos nas intervenções apoiadas

Formação contínua de professores e gestores escolares                         

Docentes da educação pré-escolar e do ensino básico e secundário

Qualificação de formadores e outros agentes de formação                    

Indivíduos que pretendam adquirir o Certificado de Competências Pedagógicas (CCP) para exercer a atividade de formador e outros agentes de formação

Promoção da autonomia das escolas

Docentes da educação pré-escolar e do ensino básico e secundário e técnicos especializados

Desenvolvimento dos Serviços de Psicologia e Orientação (SPO)   

Psicólogos e técnicos de psicologia das escolas do ensino básico e secundário

Ações de inovação social para experimentação e teste de novas respostas na área educativa     

Alunos do ensino básico e secundário e respetivas famílias e agentes do sistema educativo

Intervenções e atividades específicas de promoção da qualidade da gestão e de apoio à inovação e à cooperação transnacional                                

Alunos do ensino básico e secundário, professores e outros stakeholders

 

Fonte